As consequências de não pagar o empréstimo pessoal são muitas: a dívida aumenta muito em pouco tempo, vocês terá a empresa de cobrança grudada no seu pé e não vai conseguir pegar outros empréstimos. E tudo isto é só uma amostra do que vai acontecer.

E se não pago o meu empréstimo pessoal? 5 problemas mais comuns

O cenário ideal é que você tenha todas suas contas organizadas e não deixe de pagar as parcelas de maneira nenhuma. Mas sabemos que entre o ideal e a realidade, a diferença pode ser muito grande. Se for o seu caso, conheça as cinco situações possíveis que podem acontecer.

1. Nome sujo

Sempre que você não paga a parcela do seu empréstimo pessoal, a instituição tem direito a avisar a Serasa e o SPC da situação. Depois, você irá receber uma carta informando qe exite um prazo mínimo para você poder negociar com o banco o pagamento da dívida. Ao ignorar, o seu nome será negativado.

2. Perder o controle da dívida

As taxas de juro dos empréstimos pessoais são das mais altas entre os empréstimos que os bancos oferecem. Isto pode levar a que a sua dívida dobre de valor em apenas um ano. E se passar mais de um ano, quem sabe a que valor pode chegar. Para evitar estas taxas de juro tão exageradas, é melhor saber antecipadamente quanto você pode pagar por mês e renegociar o pagamento da dívida com o banco. Assim, você poderá pagar a sua dívida sem interferir nos outros pagamentos que tem que fazer no seu dia a dia.

3. Histórico negativo

Quando você não paga as parcelas do seu empréstimo nem tenta renegociar o valor das mesmas, a informação fica registrada no seu nome e sem dúvida, deixa marcas. Mesmo que você pague a dívida depois, o banco terá sempre acesso a esta informação e poderá negar um financiamento no futuro ou complicar a sua vida. Mostrar boa vontade para resolver esta situação é sempre um excelente passo.

4. Empresa de cobrança

Uma dívida se pode transformar numa dor de cabeça, já que a partir de um momento os bancos deixam de cobrar a mesma e vendem a mesma a uma empresa especializada em cobranças. Assim, é essa empresa que passa a estar grudada no seu pé, ligando diversas vezes por dia e ultrapassando todos os limites para que você pague o que deve. A única forma para que isso deixe de acontecer, é renegociar o valor que você deve e as condições de pagamento.

5. Dificuldade em pegar outros créditos

Ter o nome sujo significa que todos os bancos, financeira e lojas conseguem saber que você deve dinheiro. Por essa razão, estas empresas não vão querer emprestar dinheiro nem facilitar parcelamentos para você. Por isso enquanto não pagar a sua dívida e limpar o seu nome, a sua vida será mais complicada no momento de comprar.

Lembre-se que você terá sempre que pagar a sua dívida. Claro, é sempre melhor respeitar os prazos e os valores inicialmente acordados, mas também sabemos que a vida não corre sempre como gostaríamos. Contudo, mostrando boa vontade para resolver a situação, as condições podem ser sempre um pouco mais favoráveis.

Hodnocení kategorie 4.5
E se não pago o meu empréstimo pessoal? 5 problemas mais comuns: 4.2/5 com base em 23 votos

Empréstimos de confiança

50000
Valor do empréstimo R$ 400 - R$ 50 000
Juro 7,48 %
Vencimento 6 - 96 meses
20000
Valor do empréstimo R$ 1 000 - R$ 20 000
Juro 47,73 %
Vencimento 6 – 24 meses
35000
Valor do empréstimo R$ 1 000 - R$ 35 000
Juro 9,9 %
Vencimento 6 - 36 meses
1000
Valor do empréstimo R$ 100 - R$ 1 000
Juro 19 %
Vencimento 1 – 10 anos

Discussão